Skip to content

A Voz da Chinesa #3

Maio 3, 2012

A Chinesa não pode deixar passar em branco o escandaloso ataque contra a dignidade do povo português durante o 1º de Maio porque é inaceitável que um grupo económico se aproveite da miséria de um povo para o roubar ainda mais.

Como se não bastassem as brincadeiras promocionais que praticam ao longo do ano, ainda tiveram o desplante de rebaixar o valor da liberdade obrigando o povo a escolher entre ser cidadão ou consumidor! Isso sim é um verdadeiro roubo e um atentado contra as liberdades conquistadas com a luta dos trabalhadores. E neste escândalo o mais abominável são as vozes que se levantam em defesa do grupo económico em questão apelando aos valores da liberdade e a toda a patranha burguesa que se usa em defesa do grande capital. Esses que falam com admiração em relação ao sucedido não pensam sequer nas dificuldades que uma família passa para alimentar ou educar os filhos, pois esses “senhores do bom senso” estão preocupados em analisar o sucesso da manobra de marketing e qual a empresa pública que vão privatizar. Tudo é dinheiro para esses safados, tudo é mercadoria para vender. Imagino que no próximo ano, depois de uma análise pormenorizada do mercado, irão provendenciar ao povo, com preços simbólicos, um “kit” 25 de Abril ou um “kit” 1º de Maio com bandeiras do PS e da UGT para festejarem condignamente estes dias.

Já faltou mais! Ou então acabam de vez com estes dias porque segundo os economistas das direitas qualquer manifestação popular que não possa ser capitalizada é prejudicial ao país. E fugir com o dinheiro para paraísos fiscais não é prejudicial para o país? Quanto a isso já não se fala porque sabe bem pagar tão pouco. Os accionistas do grupo económico em questão deviam ter vergonha naquela cara e quem nos governa também! Porque em vez de tentarem minorizar o sucedido com palavras vazias e trocadilhos deviam tomar medidas para que tal coisa não volte a acontecer. Mas claro que nada vai ser feito. Nada. Porque é tudo uma questão de classe. Muito bem, A Chinesa espera que os nossos governantes se lembrem que a natureza de classe dos explorados é derrubar a classe exploradora.

No fundo tudo isto é muito simples e qualquer criança entende que o sucedido do 1º de Maio é uma amostra do que um povo explorado faz quando o aumento da exploração parece ser a única medida para “resolver” os “problemas” do país.

A Chinesa
3.5.2012

Anúncios

From → O Tudo e o Nada

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: